Não olhe para trás - Jennifer L. Armentrout


Livro: Não Olhe Para Trás
Autora: J. Lynn (Jennifer L. Armentrout)
ISBN-13: 9788582770702
ISBN-10: 8582770707
Ano: 2014 / Páginas: 440
Idioma: português 
Editora: Farol Literário
Nota: ★★★★

Samantha é uma jovem de 17 anos rica e popular que, depois de passar quatro dias desaparecida, retorna ferida e desmemoriada. A nova Samantha não se reconhece no retrato de menina má e mimada que todos à sua volta começam a pintar. E logo descobrirá que foi a última a ver Cassie, a garota com quem mantinha uma relação confusa de amizade e rivalidade e que desapareceu no mesmo dia que ela. 
O que aconteceu na noite fatídica em que as duas sumiram? E por que Samantha foi a única a reaparecer? 

Uma segunda chance? Quem não desejaria? Intrigas, dinheiro, segredos escondidos, tradições familiares, expectativas e frustrações. Este é o cenário que cerca a história de Não olhe para trás.

Eu, particularmente, não sou fã de livros que tenham uma pitada de suspense. A ansiedade que habita em mim não me permite esperar ou tentar ficar bolando todos os cenários possíveis e impossíveis que corresponderiam ao final da história.

Porém, esse lance de adolescentes ricos e mimados acaba sendo meu tipo. Foi por isso que dei uma chance a Não olhe para trás. Como estou naquela fase que todo romance/hot parece ter a mesma base, decidi que estava na hora de ler outra coisa, e não me arrependo da mudança.

Lutei um pouco com a minha ansiedade para chegar logo no final e descobrir se alguma das minhas teorias estavam certas? Sim. Mas fora de uma maneira boa. A escrita da autora Jennifer é leve e envolvente, nos proporcionando essa vontade de chegar logo no final.

Quando desapareceu, ela era rica, popular e maldosa com as pessoas. Tinha um relacionamento aparentemente perfeito, um closet de dar inveja nas amigas, e uma melhor amiga que mais parecia inimiga.


Quando voltou, Sammy parecia ter retornado a personalidade que tinha aos 10 anos de idade: Não ligava para o dinheiro, para a popularidade e nem para o namorado sonho de consumo de todas as meninas que a rodeava, muito menos para as amizades que lhe pareciam erradas.

Essa mudança ao retornar choca muitas pessoas, que não parecem acreditar que a menina realmente perdeu a memória (também cheguei a pensar nessa possibilidade, afinal, ela parece se adaptar muito rápido à rotina após reaparecer).

Passei boa parte do livro esperando que a Sam de antes voltasse com unhas e garras, malvada que só. Por outro lado, a relação dela com as pessoas de seu "passado" volta com tudo, me fazendo torcer completamente para que ela ligasse o bom e velho f*dasse para o que aqueles mimadinhos que se diziam seus amigos.

Esse resgate das antigas amizades de Sammy fluíram tão naturalmente, como se nunca tivessem deixado de existir, mas não pense que foi fácil não, demoraram a crer que a mocinha estava em seu juízo perfeito. Ponto para nós leitores neste ponto, pois a reaproximação de Sam e Carson podem provocar borboletas no estômago.

Como nem tudo são flores, todos olham Sam de maneira desconfiada, afinal ela e a melhor amiga desaparecem juntas, mas apenas Samantha retornou, sem lembrança alguma do que acontecera e no centro de uma lista de suspeitos que inclui Trey, o ex namorado de Cassie, Del, seu namorado, seu irmão Scott, Carson, seu ex-melhor amigo, além de qualquer outra pessoa que era atormentado pela dupla Sammy e Cassie.

Por fim, após bolar um milhão de teorias, uma delas se encaixou perfeitamente, acontecendo como previ, mesmo pensando que outro final que bolei seria mais legal (quem sabe depois de lerem lhes conto qual era minha teoria, hein? Mas só depois, para evitar qualquer spoiler), porém o desenrolar da descoberta fora surpreendente e me deixou bem feliz.

Uma obra digna de ser filmada (Alô, Netflix!), bem parecida com o sucessos Riverdale.

Enfim, o livro é bem interessante, com doses certas de suspense, mistério e picuinhas adolescentes, além de mostrar que uma segunda chance é tudo que precisamos para nos libertar dos demônios que nos prendem, impedindo que sejamos quem realmente somos.



Super indicação pra vocês!!


Espero que gostem,
Carol.

Nenhum comentário

Postar um comentário