O par perfeito - A pousada #3 - Nora Roberts


Livro: O Par Perfeito - A Pousada # 3
Autora: Nora Roberts
ISBN-13: 9788580415254
ISBN-10: 858041525X
Ano: 2016 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Nota: 

Ryder é o último irmão Montgomery solteiro, e o mais rabugento, diga-se de passagem. Todo seu foco é direcionado ao trabalho, mas não quer dizer que ele não goste de mulheres.

Ele é um exímio namorador, porém, seus casos não são duradouros. Até Hope Beumont aparecer e lhe fazer sentir de um jeito que jamais sentiu.

Ela veio da movimentada Nova Iorque para comandar a pousada BoonsBoro, da família de Ryder. Extremamente competente e dedicada ao trabalho, Hope tenta superar o estrago que Jonathan Wickham, seu ex namorado, lhe causou.

Seus amigos já perceberam o clima que rodeia os dois, e com o empurrãozinho dado por Lizzie, a fantasma cupido que vive na pousada, eles acabam se encaixando perfeitamente um no outro.

O par perfeito vem para encerrar a trilogia a pousada, encontrando a parceira ideal para o último Montgomery e solucionando o mistério de Lizzie, que está mais pra casamenteira do que pra fantasma.

Este foi meu primeiro livro da Nora Roberts. Gostei muito da escrita dela e dos diálogos leves e descontraídos. Romance sempre é uma boa pedida, não é mesmo?

Percebi que o relacionamento dos protagonistas se desenvolveu rápido. Não tem aquela "enrolação" que encontramos em livros mais jovens. Senti um pouco de falta disso, confesso. Achei que tudo aconteceu em ritmo acelerado.

As cenas românticas entre Ryder e Hope são bem intimistas e contagiantes. Cheias de amor, e com erotismo na medida certa. Não tem nada explícito. É bem tranquilo.

Com relação aos outros personagens que rodeiam a trama, a autora consegue incorporá-los muito bem. Eu que não li outros livros da série, consegui criá-los com bastante clareza. 

Mesmo achando meio nada a ver essa história de fantasma que habita a pousada e fica dando uma de arruma pares, no final descobrimos sua importância. Foi tão bonitinho que quase chorei.

Enfim, posso classificar essa primeira experiência com Nora como satisfatória. Irei repetir em breve sim.

Obrigada à editora Arqueiro por me proporcionar esta possibilidade.

Carol.

Nenhum comentário

Postar um comentário